domingo, 15 de maio de 2011

A vida é mais bonita no papel


Porque de repente você acorda e vê o mundo se movimentando lá fora.Girando, girando, correndo, indo embora.E você aí parada, sentada na cama, vendo TV: um filme, um programa, um tanto faz.Você está sempre procurando ler algo que se encaixe perfeitamente em sua vida- e sempre acha.Alívio.Que bom que isso não acontece só comigo- é o que pensa.Sua grande terapia é a música.Não importa se é um repertório melancólico ou animado.Você aliena música a sua imaginação e sonha cantando, dançando, chorando com qualquer canção que seja capaz de te tocar profundamente.

Uma cidadezinha nada agradável.Tanta vontade de viajar, conhecer lugares novos, pessoas novas, renascer. Conhecer um grande amor, esquecer um grande amor.Ser amada, viver de amor.Ver filmes românticos ou casais na rua sem se achar só demais.Sem achar que o mundo conspira contra você.Uma vontade inexplicável de receber flores, bombons ou uma declaração inesperada ás 3h da manhã.E principalmente, de dizer eu te amo, sem medo, sem culpa, sem qualquer tipo de coisa assim.

Mas nada te preenche.Há um vazio no peito.Uma vontade de viver além dessa realidade inferior que te cerca.Uma necessidade de ir além.O mundo é tão grande, e você assim tão pequena.Tão vulnerável.Tão frágil.Você olha pra trás e vê um passado miúdo, sem graça, patético, cheio de juras e declarações.Um coração quebrado, uma vida assim pequena demais.Uma enorme vontade de acordar e ver tudo diferente.De ser diferente.De agir diferente.Mas você não consegue.Não é possível fugir de si mesma.Aquilo que é pra ser, sempre é.E te dá um medo danado do que tenha que ser pra você, seja nada além dessa solidão, dessa cerveja barata, dessa mania de sonhar alto e cair de cara no muro da realidade apática que te cerca.

Uma vontade maior que o mundo de ter alguém, de ser de alguém.Uma necessidade louca de ouvir 'eu te amo também'.Uma vontade que nunca é suprida e só saber viver de querer e não ter, de sentir.Mas viver de sentir dói demais.Volta a ver a TV, a ler os trechos que se encaixam na sua vida, que muitas vezes, a vida só tem encanto em tais.Seu querer muitas vezes não te leva a nada a não ser a mais um sábado a noite de solidão. A uma semana toda em busca de sentir o que não é.De querer que exista o que não existe.A vida é mais bonita num fragmento qualquer, principalmente, naquele que te enche de esperança.Acredite ou não, mas tenha certeza: a vida é mais bonita no papel.

14 comentários:

Verô. disse...

Adorei aqui... tô seguindo!


Obrigada pela visita em meu blog...
Seja bem-vinda!!!

:)

Brenda Gomes disse...

Minha sincera admiração por esse texto. Concordo e me sinto compreendida(como em músicas, filmes... Me sinto nesse texto)! Acho que a gente tem essa demasia de sentimentos no peito que se traduzem em sonhos, em músicas, em devaneios... Parece tudo tão fácil quando o fim é feliz, parece tudo tão tranquilo quando acompanhado da melodia... Vai ver é mesmo porque "a vida é mais bonita no papel". Bjs

As Flores e Eu disse...

Obrigada pela visita.
Gostei do seu blog.
Beijos

J. Sampaio disse...

Belo texto Flor, como sempre. *-*

Tem selo para ti em meu blog.

http://entaosoupoesia.blogspot.com/p/selos.html

Beijo
=*

Débora Ataide. disse...

Seu blog é lindo. E o texto... <3

Verô. disse...

UAU!!!
Este post falou comigo demais...
Eis o vazio que vive em nós, não tem jeito!

:)

mais amor, por favor. disse...

Pode paracer muito clichê o que vou escrever e o que tu vais ler Tha, mas me li em cada linha, em cada frase, em cada palavra, e digo mais, me vi em cada linha. Eu sinto exatamente isso também, essa vontade de sair de ser maior, de mudar, de viver, de encontrar, VIVER DE AMOR, mas parece que está tudo tão longe, que nada é "pra ser meu", como eu queria que fosse. Mas tudo nessa vida, eu sei, é tempo e merecimento, coisas que falo sempre lá no meu cantinho, um dia quem sabe, vamos encontrar e vamos viver da nossa melhor fonte, amor. Sorte para nós! Beijo na alma.

Nicole Furtado disse...

A menina desse texto deve ser eu! rs
Concordo, a vida é mais bonita no papel, mas acho que a gente não deve perder a vontade de transformar a nossa vida real, porque, afinal, é nela que a gente sorri, abraça, sente de verdade.

Mas enquanto nada acontece por aqui, me perco em páginas que me dizem que a vida pode ser diferente.

Belo texto :*

dj william disse...

mas este sentimento nao e so de mulheres... existem uma parcela pequena ( quase invisivel) de homens que se sentem asism tambem...
mas concordo... a vida e mais bela no papel

Thainan disse...

Adoreii, tudo muito lindo demais
Bjo ;*

Sirlara Wandenkolk disse...

Ai meu Deus! Sofri cartasis agora... rsrs
Me identifiquei muito.
Beijo

Fred Caju disse...

Vida boa é vida ao vivo!

PapoBacana disse...

que lindo seu texto..

"...Mas nada te preenche.Há um vazio no peito.Uma vontade de viver além dessa realidade inferior que te cerca..."

as vezes todos nos sentimos assim..

parabens pela postagem..

estou a te seguir..

se puder me visite..

beijoo..

A. Lara disse...

Incrível como me encontro em cada palavra que tu escreves! Sinto uma sinceridade no que leio, sinto alguem que busca alguem. Eu adorei, parabéns!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...