sábado, 2 de outubro de 2010

A gente se engana o tempo todo



Me dói ter passado tanto tempo atenta a ele — quando ele nunca ficou atento a mim. (...)-Caio F. Abreu

Alguma coisa dentro da gente sempre sabe quando é a hora certa de parar.A hora certa de quebrar o encanto, a hora certa de dizer as verdades ou simplesmente se calar. Eu optei pelo último caso:me calei. Não falo mais nada, não faço acusações, não exponho seus erros.Não mais.Você já sabe tudo que tenho pra dizer, você já sabe como me fez mal.Você já sabe-até mais do que eu- tudo que fez para que isso não desse certo.E não deu.Veja só, fique feliz suas atitudes impensadas enfim geraram algum resultado.Algo dentro de mim se cansou, se encerrou.Não quero mais!
Não suporto mais viver de restos, incertezas e insegurança.Não nasci pra ser dependente emocionalmente de outro ser.Não nasci pra insistir em causas perdidas.Aliás nisso eu insito só quando se vale a pena e é pra ajudar alguém.Mas no nosso caso não há ninguém precisando de ajuda, não há ninguém precisando da luta alheia.
Optei pelo silêncio mas minnha vontade era sair a sua procura agora e dizer que você não passa de uma criança.Uma criança que mal sabe o que quer.Que não tem personalidade, que não sabe defender uma mulher, que não sabe dar valor ao sentimento alheio, que gosta é de brincar.Boa brincadeira, eu não tenho há tempo mais idade mental pra isso.Hoje eu digo que eu não tenho mais nada.Você me roubou tudo: a alegria, a paz, o amor, o tempo.Mas fique tranquilo eu recupero isso rápido.Eu recupero por mim e não por você.E eu não quero ser egoísta , nem maldosa, mas minha vontade é que você se ferre, se ferre bastante e descubra da pior maneira possível como esteve errrado esse tempo todo.
Mas paro por aqui com meus desejos maléficos em relação a você.Você não merece nem isso.Você não merece nada.Você é um nada.E há tanta vida lá fora, tanta gente bacana, tanta gente madura, tanta gente a procura e eu fui logo querer você.Mas eu supero pode ter certeza, supero calada porque sequer uma palavra você merece.Seria desperdício demais te dizer certas verdades que não fazem efeito e que você sabe melhor do que eu.E hoje eu choro por tudo aquilo que eu vivi pensando que poderia ter sido diferente.

5 comentários:

Luria Corrêa . disse...

o amor sempre dá chances a nós de novos recomeços para novos finais felizes ou infinitos, o importante é saber erguer a cabeça e seguir em frente, o que aliás , é o que nos desafia né. Adoro a frase de Caio.

Boa semana, beijos :)

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

"Vieste e fostes. E não foi por isso que te amei menos."


Seu texto me lembrou essa frase.


Te abraço com ternura.

Heluar Lopes disse...

" E hoje eu choro por tudo aquilo que eu vivi pensando que poderia ter sido diferente. "

pois é.. podia ter sido diferente :/

iule Karalkovas . disse...

Oi Thalita!
Estou lendo seus textos há algum tempo... Parabéns pelo blog, ele está lindo!
Tem um selo para você lá no meu blog,
Beijos.

mais amor, por favor. disse...

Lindo o teu comentário lá pra mim, mesmo!
Quando te li agora, lembrei e um trecho de Caio...
"Estou desistindo de você, abrindo mão, renunciando, deixando pra lá, tentando esquecer."
Coisas lindas tu escreve, coisas com verdade, parabéns mais uma vez, beijão e fica bem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...